Bio
Desde dos meus 5 anos conheço videogames, mas com o tempo o Android foi me prendendo mesmo não sendo explorado em games, vinha sendo algo que mais me alegra e cativa. Além de salvar o que joguei, compartilho minha opinião independente se gosto ou não, as criticas podem ser das mais ruins ou até boas.

5(10)⭐= Obra prima, um jogo que eu nunca vou esquecer
4,5(9 ou 9,5)⭐= Quase uma obra prima
4⭐(8 ou 8.5)= Gostei, mas não chega a ser um jogo incrível
3.5⭐(7 ou 7.5) = Legalzinho, dá pra se divertir
3⭐(6 ou 6.5)= É com certeza um dos jogos feitos
2,5⭐ (5 ou 5.5) = Ok
2⭐(4 ou 4.5 ) = É, algo de bom tem.
1,5⭐( 3 ou 3,5)= Quase desisti ou desisti por ser tão ruim
1⭐( 2 ou 2,5)= Não sei se isso é um jogo
0.5⭐( 1 ou 0.5)= Porque eu joguei isso?
Personal Ratings
1★
5★

Badges


N00b

Played 100+ games

Pinged

Mentioned by another user

Best Friends

Become mutual friends with at least 3 others

Noticed

Gained 3+ followers

3 Years of Service

Being part of the Backloggd community for 3 years

Liked

Gained 10+ total review likes

Favorite Games

Silent Hill 2
Silent Hill 2
The Last of Us Part II
The Last of Us Part II

109

Total Games Played

029

Played in 2024

451

Games Backloggd


Recently Played See More

Dragon Ball Z: Kakarot
Dragon Ball Z: Kakarot

Jul 15

Kena: Bridge of Spirits
Kena: Bridge of Spirits

Jul 15

God of War
God of War

Jul 12

Silent Hill 3
Silent Hill 3

Jul 03

Silent Hill 2
Silent Hill 2

Jun 28

Recently Reviewed See More

This review contains spoilers


"Nos meus sonhos mais profundos, eu vejo essa cidade.
Silent Hill.
Você me prometeu que me levaria lá algum dia
Mas você nunca o fez.
Bem, eu estou sozinha aqui agora...
No nosso "lugar especial’...
Esperando por você...
Esperando que você venha me ver..."

Sem sombra de dúvidas uma das melhores experiências de terror que já tive de todos os jogos de terror que já conheço ou já joguei, agora entendo o do porque esse é o Silent Hill mais aclamado de toda a franquia sendo o melhor de todos do genêro terror psicológico.

Quando terminei o primeiro jogo, eu já estava animado para jogar o próximo foi devido ao seu antecessor que esse gênero me prendeu e fez ser um dos meus favorito. Tanto é que eu rapidamente corri para saber a história e o decorrer desse universo nessa continuação, e meus amigos, uau esse jogo beira a sanidade explorando temas extremamentes pesados e cheio de "Plots Twists"

A história acompanha James Sunderland, que recebe uma carta de sua falecida esposa Mary, pedindo para que ele a encontre em Silent Hill. E segue em busca na esperança de encontrá-la. Enredo bem simples, mas é incrível como é bem arquitetado, os personagens, a ambientação sensacional junto a uma trilha sonora de arrepiar, faz esse jogo criar um misto de emoções a todo momento, nunca me senti tão nervoso em uma jogatina.
No decorrer da história, outros personagens aparecem e cada um, tem seu signifcado e sua história, os detalhes aqui são muito bem construídos e alguns bem auto explicativos. Não vou me prender a explicar todos já que isso é só uma review mas a história da Angela e o desenrolar da Maria são arrepiantes e bem construidos.

Eu amo a ambientação de Silent Hill, o upgrade do 1 para o 2 é surreal, Akira Yamaoka faz Not Tommorow e no jogo seguinte ele apenas cria uma das músicas mais lindas e bem melacólica que combina demais e resume esse jogo Promise tudo com a mistura da ambientação que só Silent Hill sabe fazer, faz sentir na pele, os sofrimentos dos personagens conforme o tempo.

Apesar de eu ter amado o jogo, uma das coisas que deixam a desejar é a dublagem, algo que não é muito relevante mas vale destacar o quão simples ela é, alguns dizem ser proposital para passar desconforto ou algo assim, não sei mas ela é muito estranha. Vi alguns comentando sobre a animações em CGI ser ruim mas particulamente gosto, a atmosfera combina demais com o jogo.

Eu tomei muitos sustos, me senti boa parte do tempo desonfortável com os lugares, e até com a história, ela pode ser exagerada? sim ela pode, mas não pode negar que ela é bem feita, confusa, mas quando um detalhe é descoberto, tudo faz sentido, com muitas pontas soltas, a historia é arquitetada fazendo jus ao gênero

Agora vem os spoilers:
O final desse jogo é muito perfeito, esse jogo ele não é divertido, ele é metafórico algo artístico, e muito bem produzido para a todo momento passar desconforto. Silent Hill na verdade é o próprio purgatório de James cada monstro representa algo na vida de James, pelo pecado de ter matado a própria esposa, pois ela estava doente e James não conseguia viver a vida, se sentia preso em um sofrimento eterno, ele queria ser feliz, ele queria liberdade. E a representação da mulher perfeita de James é a Maria, uma personagem tão importante que tem até DLC, todas as mortes dela que me chocaram demais, representando o sofrimento que o protagonista merece, mesmo tentando salvá-la nada vai impedir sua morte, a qualquer custo, isso fica mais claro ainda no final Maria, que conincidemente começa a tossir 3 vezes, igual a sua amada Mary quando estava doente, James está destinado a viver em um eterno loop de sofrimento.
Existe outros finais como o Leave que é mais "leve" mas nada impede de como toda a trama é sofrida tudo na cidade é destinado ao sofrimento e tristeza e até eu que joguei me senti assim, confuso a procura de respostas é muito legal se sentir sendo o personagem nesse universo e isso faz esse jogo brilhar e fazer jus ao melhor jogo de terror de todos os tempos :D

Acho que ficou claro o quanto eu amei esse jogo e sem dúvidas um dos meu favoritos, silent hill marcou, nunca que um jogo de terror me proporciono uma experiência tão ruim no sentido bom, tinha momento que eu ficava tenso, jogar isso aqui a noite me dava calafrios :D

Apreciem e valorizem essa franquia, que por mais que tenha ido para caminhos errados ela marcou gerações não é apenas um jogo de dar medo é um jogo para se sentir com medo, desconfortável e lhe causar angústia, isso é um terror psicológico, ou melhor, isso é Silent Hill 2!

"Isso significa que, enquanto você lê isso, eu já estarei morta
Eu não posso te dizer para se lembrar de mim,
Mas eu não posso suportar que você me esqueça.
Estes últimos anos, desde que eu fiquei doente... Eu sinto muito pelo que fiz a você, não por nós...
Você me deu tanto e eu não fui capaz de retribuir uma única coisa.
É por isso que eu quero que você viva por si mesmo agora.
Faça o que é melhor para você, James.


James...

Você me fez feliz..."

Um dia estava lá, eu com 7 ou 8 anos e nessa época eu era um novato nos videogames e eu fui na casa de um primo meu, até que ele me mostrou o Playstation 2 e alguns jogos estavam la e dentre eles havia um jogo que sempre me intrigava que quando jogava me divertia demais e esse era Global Defence Force, nunca cheguei a terminar com meu primo devido a falta de contato frequente naquela época e quando consegui meu Playstation a distância sobre jogar junto com ele diminuiu, até que voltei a jogar alguns jogos com ele na época e ele lembrou dessa franquia e comprou esse jogo para nois "testar" o que rendeu no total quase 60 horas de gamplay de estresse e diversão.

Esse jogo é sensacional com um multiplayer, o caos que só essa franquia tem, é coisa de maluco, japoneses endoidam quando se fala desse jogo. Foram 110 missões, mas que rendeu nostalgia de jogar algo com meu primo, e admirar uma franquia que uniu uma diversão desde a infância. Matando formigas gigantes, naves, e outros monstros aleatórios. Foi demorado, mas valeu cada segundo, uma satisfação de terminar isso é inexplicável.

O jogo é bem datado em quesito de gameplay, as vezes acontece uns bugs engraçados, mas outros foram irritantes as vezes atrapalhando demais as jogatinas.

Os controles do jogo é clássico, lembrou demais o de PS2 então foi fácil de se adaptar, por ser parecido facilitou demais. Nostalgia batia demais a cada momento que passava desse jogo

A variedade de armas é algo de admirar, o jogo possui 4 classes e cada classe possui diversas armas e isso é muito daora e se torna interessante em buscar armas melhores para facilitar o jogo.

O meu maior estresse é as fases como variam de fáceis e difiíceis, meu amigo a penultima fase é um INFERNO. Quando passei eu quase virei coringa, sério foi uma satisfação absurda, chegando na ultima fase, o fatídico chefão final ( O design dele é muito boa, namoral por algum motivo me lembrou Evangelion) e derrotar ele de primeira. Foi broxante mas finalmente tinha terminado aquilo.

Falando do jogo no geral, ele é bem OK mesmo sendo esticado com missões repetidas, cenários iguais, acho que só tem umas 5 ou 6 variações por ai mas isso foi não me incomodou mas fica cansativo para quem gosta de uma variação, algo novo melhor dizendo. Eu digo e repito, esse jogo só funciona como um jogo bom se isso for feito com alguém se divertir com o caos de mosntros gigantes é muito boa, foi muito bom matar o tempo jogando com meu primo, algo que firmou uma amizade que tenho até hoje com ele, e terminar um jogo com ele depois de anos foi gratificante, eu sempre lembrarei dessa franquia com todo carinho pois ela firmou algo que sempre me alegra e uma amizade com algúem que me mostrou esse mundo de games e sem uma "ajudinha" dele eu não estaria aqui hoje falando sobre esse jogo.


Tentando jogar o máximo de jogos de PS2:

4° jogo: Onimusha Warlods

Jogo diferenciado, uma mesclagem de samurai com uma gameplay que é resident evil, misturando esses dois me deram uma experência de 10 horas no total de gameplay mas o jogo contou apenas 6, devido a raiva que passei e muitas vezes morrendo.

Gameplay maravilhosa, muito bem datada, foi difícil se acostumar com a movimentação mesmo sendo um jogo "rápido" eu sofri em muitos momentos, em chefões finais foram horas para aprender a se esquivar e atacar, isso não é um defeito, mas é algo que incomoda no começo mas rapidamente se acostuma.

Apesar do jogo ser pequeno é muito satisfatório, chamaria esse jogo de Resident Evil Samurai, pra quem jogou sabe como é.

História muito boa, com um gancho muito bem feito para a continuação que com certeza irei jogar, me intrigou demais! Uma experiência muito boa e divertida, um achado de ouro e espero gostar muito dos jogos seguintes, pois adorei como essa franquia é bem feita e um carinho colocado nele. Mesmo sendo um jogo antigo ele tem seu charme e é muito melhor que vários jogos de PS2 que vinheram nos anos seguintes