A transposição de jogos antigos para a atualidade. Aquele sentimento de desafio, precisar adaptar-se a padrões, movimentos e principalmente bolar estratégias sem qualquer ajuda é muito interessante. Lembrou-me muito de quando eu zerei Aria of Sorrow mais novo, é um jogo que realmente lembra uma outra época.
Minhas únicas "reclamações" se dão quanto a história ser riquíssima, mas por não ser muito intrusiva, acaba que você não se imerge tanto na narrativa do jogo, fazendo com que ele se pareça realmente isso, um jogo. Isso não é nada ruim, apenas me fazia enxergar o jogo um pouco mais "foda-se" do que poderia se a narrativa me prendesse mais, tanto que isso encaminha para a segunda coisa que me fez desgostar um pouco do jogo: ele é cansativo após um período.
Na minha experiência, estava devorando o jogo, me divertindo bastante e curtindo quase tudo. Porém, no início de Anor Londo comecei a sentir-me cansado e o jogo tornava-se repetitivo. O sentimento intensificou-se depois. Passando mais umas duas áreas após isso eu realmente cansei do jogo.
Meu amigo que é fanboy do jogo e que me permitiu jogar em seu console disse que sente o mesmo. Falou que sempre que passa por Blighttown, fica com uma extrema preguiça de rezerar e por isso até tem muitos personagens diferentes, todos travando mais ou menos nessa área, o que me faz pensar que não é algo que apenas eu senti. Se até mesmo um puta fanboy da FromSoftware sente isso, me parece ser algo real.

Reviewed on Jul 23, 2021


Comments